sábado, 22 de abril de 2017

Assembleia dos Visitadores da Europa


Vai decorrer em Fátima,entre os dias 23 e 27 de abril, na casa da Irmãs Vicentinas, a Assembleia Anual dos Visitadores da Europa, da Congregação da Missão. 

Este evento realiza-se pela primeira vez no nosso país, e acontece no contexto das várias datas jubilares que celebramos: os 400 anos do carisma vicentino; os 300 anos da presença da Congregação da Missão em Portugal, e do Centenário das Aparições de Fátima. 

Este encontro contará com a presença do Superior Geral, Pe Tomaz Mavric, e dos Visitadores de France, Zaragoza, Austria-Germania, Slovakia, S. Vicente de Paul (Espanha), Portugal, Polonia, Itália, S. Cirilo e S. Metódio, Slovenia, Orient; Hungria. 

Vida e obra do Pe Joaquim Alvares de Moura


sexta-feira, 7 de abril de 2017

Semana da Missão na Imaculada Conceição, EUA

Decorreram, entre os dias 27 e 31 de março, na paróquia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, no norte de New Bedford, EUA, as pregações quaresmais. Pregações estas que foram muito participados, quer em número de pessoas, quer de entusiasmo.
O Pe Álvaro Cunha, foi o pregador, que logo no princípio nos perguntou: “quem quer ser santo levante o braço”? A grande maioria levantamos.
Depois, nos outros dias, na linha desta pergunta inicial, falou-nos do perdão, da oração, do sacrifício, do despreendimento e da caridade.
Falou-nos também de Nossa Senhora, lembrando-nos que como Igreja, estamos a celebrar o Centenário das Aparições de Fátima. Falou-nos da santidade de Jacinta e Francisco. Isto serviu para nos recordar aquele ensinamento de Jesus: “sede santos como o vosso Pai celeste é Santo”. Nós, sempre que fazemos, como Maria a vontade de Deus, e estivermos em íntima ligação com o Senhor, estamos então a caminhar para a santidade.
O tempo da Quaresma e uma missão, é uma ocasião propícia para a renovação e conversão das nossas vidas ao projeto e plano de Deus a nosso respeito.
Vários comentários se ouviam, da simplicidade do pregador, e também da profundidade e intimidade que se sentia entre ele e Deus.
Por tudo isto, ficamos muito gratos ao Pe Álvaro Cunha, por nos enriquecer espiritualmente, para vivermos mais santamente a Semana Santa, com Cristo Ressuscitado.

Maria Inês Abreu 

sexta-feira, 24 de março de 2017

Sacerdote moncorvense que trouxe os Padres Vicentinos para Portugal homenageado em Moncorvo


Uma vida plena em várias dimensões. Foi assim que o bispo diocesano, D. José Cordeiro, descreveu o percurso do Pe José Gomes da Costa, nascido fez domingo 350 anos em Torre de Moncorvo mas que um acaso encaminharia para a vida da Igreja, tendo-se afirmado como uma das maiores personalidades no seu tempo.

Ao despedir-se de uns amigos que partiam de barco para Itália não conseguiu livrar-se da ressaca a tempo e acordou já a caminho de Nápoles. Acabaria por ser ordenado padre em Áquila, tornando-se no responsável pela introdução dos Missionários Vicentinos em Portugal.
O Pe. José Gomes da Costa foi homenageado pela diocese e pelo município moncorvense durante a eucaristia de domingo, onde foi apresentado um seu retrato recuperado. “Vai ser exibido no museu de Arte Sacra de Moncorvo”, garantiu o autarca Nuno Gonçalves. Também foi apresentada o projeto de recuperação de uma praça à qual será dado o nome deste ilustre moncorvense. “Esta praça enquadra-se como elemento de ligação à rua Martins Janeira, que se tornará num espaço de convívio entre dois bairros”, sublinhou o autarca
D. José Cordeiro assinalou a data na sua homilia. “Pode ler-se na Nota Pastoral da CEP sobre os quatro séculos de evangelização e três de presença em Portugal da Congregação da Missão: «Os filhos de S. Vicente de Paulo entraram em Portugal em começos do século XVIII. Foi apoiado num breve de Clemente XI que autorizava a erigir a Congregação da Missão no reino de Portugal que o padre José Gomes da Costa (1667-1725), natural de Torre de Moncorvo, e superior da casa de Monte Célio, em Roma, onde tinha ingressado na congregação vicentina, chegou a Lisboa, em novembro de 1716, para dar início à fundação”.

quinta-feira, 23 de março de 2017

Missão quaresmal em Santo António de Taunton

Nós, paroquianos da Igreja de Santo António de Taunton MA, queremos agradecer ao Senhor Padre Álvaro Cunha por nos ter feito uma maravilhosa semana de pregação, nesta Quaresma de 2017. Um muito obrigado pelo seu modo de explicar as coisas, simples e acessível, que fez com que todos entendessem a sua mensagem.
Foram noites maravilhosas, especialmente quando falou da caridade que devemos ter uns com os outros. Também quando falou sobre a Senhora de Fátima e explicou como se deve rezar o terço e o sentido dos mistérios.  Foram ensinamentos que não vamos esquecer. Que Deus o abençoe, e aos padres vicentinos, para continuar na sua missão.
Também queremos agradecer ao nosso Padre William Rodrigues por o ter convidado.
Um muito obrigado.


Daniel Almas

sexta-feira, 17 de março de 2017

Faleceu o Pe Agostinho Teixeira de Sousa

Partida para a última Missão!

Com a maior das tristezas partilho a notícia do falecimento do nosso confrade e grande missionário vicentino, Padre Agostinho Teixeira de Sousa (20-07-1955/17-03-2017).
Quando vim para os EUA, para as pregações quaresmais em algumas das comunidades portuguesas, este horizonte da sua partida me marcava, e agora se confirma.

É com a maior das tristezas que não me será possível participar no seu funeral.
Mas ele sabe que estou presente! Presença que sempre foi a dele ao longo da minha caminhada, desde a sua ordenação no Monte de Santa Quitéria, passando por tantas experiências de vida e de missão, até ao início do seu último degrau no caminho da cruz. 
À Província Portuguesa da Congregação da Missão, na pessoa do Visitador, bem como aos seus familiares, os meus pêsames. 
Escolhi esta foto, pois diz a vida do meu confrade e amigo Pe Agostinho! 

Obrigado por tudo, e agora a recompensa do nosso bom Deus!


Pe Álvaro Cunha, CM

sábado, 11 de março de 2017

Retiro para Senhoras de Ludlow, EUA

            Igreja Nossa Senhora De Fátima, Ludlow, EUA

Para quem tem passado a maior parte da sua vida ao serviço de ajuda às missões Portuguesa, esta grande senhora, D. Ilda Santos, com o apoio dos Padres Vicentinos, resolveu criar um retiro para mulheres, que se organiza todos anos na primeira semana da Quaresma. Desde então, para mim é um estar sempre presente e, já lá vão muitos os anos!

É como retirar-me para o deserto, apenas por algumas horas e, aí estar em contacto direto com Deus na meditação, no silêncio, na paz, e no amor. Assim como o carro sem gasolina não trabalha, também eu sinto a grande necessidade de atestar o meu coração para poder caminhar o resto do ano. O retiro é isto para mim!

Este ano de 2017 foi o Pe Álvaro Cunha, que mais uma vez nos acompanhou. 

Um muito obrigado à Congregação da Missão, neste Ano dos 400 anos do Carisma Vicentino, por nos disponibilizar todos os anos um padre que acompanha os nossos retiros.


Isabel Costa Nogueira