terça-feira, 20 de junho de 2017

XII CLERICUS CUP – PORTUGAL Santiago do Cacém | 3-6 de julho de 2017

A cidade de Santiago do Cacém (diocese de Beja) vai acolher, de 3 a 6 de julho, o XII Clericus Cup de Portugal. Trata-se de um torneio de futsal, em que participam, habitualmente, cerca de uma centena de sacerdotes católicos, provenientes de vários pontos do país. Este ano contará com 8 equipas: Viana do Castelo (campeões da última edição), Braga, Porto, Vila Real, Lamego, Viseu, Guarda e Vicentinos/Alentejo.
O torneio irá decorrer no pavilhão desportivo municipal e no pavilhão do JAC (Juventude Atlético Clube). Os primeiros jogos serão no dia 3, das 17h30 às 20h; no dia 4, de manhã, entre as 10h e as 12h e, à tarde, entre as 16h e as 18h; no dia 5 jogar-se-ão as meias-finais, às 16 horas, estando a final prevista para as 19h, no pavilhão municipal.
A organização das edições anteriores ficou a cargo de várias dioceses, com presença habitual neste torneio. Depois da Diocese da Guarda, em 2016, cabe, neste ano de 2017, à Congregação da Missão (Padres Vicentinos) a tarefa de, juntamente com alguns sacerdotes das dioceses alentejanas, preparar toda a logística necessária para acolher os “craques” nacionais nesta bonita cidade do litoral alentejano.
A escolha dos organizadores e do local deve-se, essencialmente, a dois fatores. Em primeiro lugar, os Padres Vicentinos celebram, ao longo deste ano, o seu duplo Jubileu: 400 anos do carisma de São Vicente de Paulo e 300 anos da sua presença em Portugal. Em segundo lugar, a opção por Santiago do Cacém, tem a ver com o facto de nunca ter sido realizado este torneio no sul do país e porque, como padres vicentinos, lá nos encontrarmos desde 1991.
Por isso, foi com muita satisfação que acolhemos este desafio. A poucos dias do apito inicial, a Organização, com especial apoio da Paróquia, Câmara Municipal e Junta de Freguesia de Santiago do Cacém, congratula-se com todos aqueles que ajudaram a colocar de pé este projeto.
Para além da vertente desportiva, este torneio tem, obviamente, uma vertente lúdica e de convívio salutar. Durante alguns dias, temos a oportunidade de rever colegas, de partilhar experiências, de rezar juntos, bem como momentos de lazer, tão necessários ao espírito de grupo e à comunhão entre todos.


Padres Vicentinos - Portugal

terça-feira, 30 de maio de 2017

Semana Missionária em Cerva, Limões e Alvadia

Desde que se realizou a Missão Popular nestas Paróquias de Cerva e Limões, em 2006, que a Congregação da Missão feito todos os anos uma Semana Missionária. Também este ano aí estivemos presentes, entre os dias 14 2 21 de maio. Porém neste ano com algumas "situações novas". Em Janeiro último, o Pe Joaquim deixou a paroquialidade, por razões de saúde e cada uma das paróquias foi entregue a um dos sacerdotes vizinhos, que estão assumir como administradores paroquiais. Também a data da semana teve de ser alterada, por razões de calendário Provincial. E o esquema da semana foi também adaptado. Neste contexto, estivemos os padres Álvaro Cunha e Manuel Fernando. 
Ao longo da semana, em Cerva, tivemos Eucaristia com pregação; fomos a todas as aldeias (também às de Limões e Alvadia), e aí celebramos Eucaristia, confessamos e visitamos os doentes. No final de cada dia estivemos com o grupo de crismandos, 26, preparando-os para a Confirmação, que aconteceu no sábado dia 20 de maio. 
A semana tinha também como pretexto preparar para a Festa do Imaculado Coração de Maria. Esta constou de procissão de velas, na sexta-feira, e Eucaristia Solene com Procissão na tarde do domingo, 21 de maio.
Apesar de acontecer num contexto novo e provisório, foi mais uma vez a nossa presença numa região com bastantes Colaboradores da Missão Vicentina, e assim assinalamos os jubileus que estamos a viver, dos 400 anos do Carisma e 300 anos da Congregação da Missão em Portugal.
Uma palavra de gratidão aos padres amigos que nos acolheram (Carlos, Castanheira e António Paulo). 

Pe Álvaro 

terça-feira, 16 de maio de 2017

HISTÓRIA DA PROVÍNCIA PORTUGUESA DA CONGREGAÇÃO DA MISSÃO

Neste ano jubilar em que celebramos os 400 anos do carisma vicentino e os 300 anos da presença da Congregação da Missão em Portugal, estas datas vão ser assinaladas através do lançamento de um livro com a história da Congregação da Missão em Portugal.

Assim, a Província Portuguesa da Congregação da Missão, a Esfera do Caos Editores e a Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização (Universidade Aberta / CLEPUL - Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa) têm o prazer de convidar todos para a sessão de lançamento do volume inaugural da obra "Apontamentos para a História da Província Portuguesa da Congregação da Missão". Um obra da autoria do Padre Bráulio de Sousa Guimarães, CM e dirigida cientificamente por Luís Machado de Abreu e José Eduardo Franco.

O volume inaugural desta obra será apresentado no sábado, 20 de maio de 2017, às 16h00, em Lisboa, no auditório 2 da Fundação Calouste Gulbenkian.

sábado, 6 de maio de 2017

Crónica da Assembleia da CEVIM


 Nos últimos dias do passado mês de Abril, realizou-se a Assembleia anual da CEVIM (Conferencia de Visitadores da Europa e Médio Oriente) na casa Nossa Senhora da Medalha Milagrosa, das Filhas da Caridade, em Fátima, entre os dias 23 e 27.


Sem duvida alguma, a grande novidade deste encontro foi o numero de Visitadores reunidos como consequência da reconfiguração realizada em França, Espanha, Alemanha- Áustria, Itália e a na Holanda. Além disso, há que juntar a ausência dos visitadores da Irlanda e da Hungria. No total foram 11 o número de visitadores que participaram nesta edição da CEVIM. O Superior Geral, P. Tomaz Marvic, participou em todo o encontro.

A casa que acolheu os membros da CEVIM está situada a escassos dez minutos do Santuário de Fátima. A sala de conferências era ampla e cómoda, assim como as cabines para a tradução simultânea. Os tradutores foram: P. Casimiro, da Polónia, P. Abdo, do Líbano, e P. Félix Álvarez, de Espanha. O resto da logística foi formidável: em todo momento contamos com a presença de uma equipa de pessoas que cuidavam até ao mais ínfimo detalhe, tanto na sala das sessões como na capela e no refeitório.
            No primeiro dia, depois das saudações que o protocolo exige, o P. Nélio Pita, CM, da Província de Portugal expôs uma conferência intitulada “O carisma Vicentino na Europa”, com estes três apartados: S. Vicente de Paulo e a Europa; Europa hoje; os desafios do carisma vicentino na Europa. Depois da exposição do P. Nélio seguiu-se um trabalho em pequenos grupos e logo um colóquio em comum donde se responderam as três perguntas que o conferencista tinha colocado.
   No segundo dia, os visitadores entraram-se nas “Linhas de ação e compromissos da CEVIM” elaborados na Assembleia Geral celebrada no ano passado em Chicago. Das seis linhas de ação, detiveram-se de forma especial em duas: “Repensar a Formação Inicial (Seminário Interno e Seminário Maior)”, e “colocar em andamento um projeto missionário na cidade de Melilla (Espanha)”.

O último dia dedicou-se a votar as propostas tratadas nos dias anteriores: cancelar a site da CEVIM, nomear uma comissão para que elabore um esquema sobre o Seminário Interno Interprovincial, e fixar o lugar da próxima celebração, que será no Líbano, na segunda semana de Páscoa da ressurreição. A comissão para elaborar o Seminário Interno está formada pelos Padres Nicola Albanesi, Christian Mauvais, David Carmona, e Jesús María González Antón.
 Termino esta breve crónica com três celebrações especiais. A primeira teve lugar na segunda-feira com a celebração da Eucaristia na Capelinha das Aparições, presidida pelo D. Augusto César CM., Bispo Vicentino emérito. A segunda teve lugar no dia seguinte, 25 de abril. Depois da primeira sessão, tivemos um encontro com os missionários da Província Portuguesa, para ver e comentar uma apresentação sobre as quatro etapas da sua própria historia, nestes 300 anos da presença da Congregação da Missão em Portugal. Seguiu-se  o almoço com a presença do D. Augusto César e do Bispo de Leiria-Fátima, D. António Marto. A celebração de encerramento foi presidida pelo Superior Geral, na capela das Filhas da Caridade.
No ultimo dia realizou-se uma excursão aos Valinhos, lugar onde viveram os 3 pastorinhos. Daí seguimos para a Batalha, para ver o Mosteiro gótico e os claustros. A última paragem foram as grutas de Mira D‘Aire. Ali, a 120 metros de profundidade, depois de recorrer as galerias estreitas e em declive quase perpendicular, tivemos o Jantar, acompanhado com música ao vivo, o FADO, que colocou praticamente o ponto final ao encontro desta CEVIM 2017.
Texto em Espanhol: P. Félix Alvarez CM

Tradução: João Soares CM

sábado, 22 de abril de 2017

Assembleia dos Visitadores da Europa


Vai decorrer em Fátima,entre os dias 23 e 27 de abril, na casa da Irmãs Vicentinas, a Assembleia Anual dos Visitadores da Europa, da Congregação da Missão. 

Este evento realiza-se pela primeira vez no nosso país, e acontece no contexto das várias datas jubilares que celebramos: os 400 anos do carisma vicentino; os 300 anos da presença da Congregação da Missão em Portugal, e do Centenário das Aparições de Fátima. 

Este encontro contará com a presença do Superior Geral, Pe Tomaz Mavric, e dos Visitadores de France, Zaragoza, Austria-Germania, Slovakia, S. Vicente de Paul (Espanha), Portugal, Polonia, Itália, S. Cirilo e S. Metódio, Slovenia, Orient; Hungria. 

Vida e obra do Pe Joaquim Alvares de Moura


sexta-feira, 7 de abril de 2017

Semana da Missão na Imaculada Conceição, EUA

Decorreram, entre os dias 27 e 31 de março, na paróquia de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, no norte de New Bedford, EUA, as pregações quaresmais. Pregações estas que foram muito participados, quer em número de pessoas, quer de entusiasmo.
O Pe Álvaro Cunha, foi o pregador, que logo no princípio nos perguntou: “quem quer ser santo levante o braço”? A grande maioria levantamos.
Depois, nos outros dias, na linha desta pergunta inicial, falou-nos do perdão, da oração, do sacrifício, do despreendimento e da caridade.
Falou-nos também de Nossa Senhora, lembrando-nos que como Igreja, estamos a celebrar o Centenário das Aparições de Fátima. Falou-nos da santidade de Jacinta e Francisco. Isto serviu para nos recordar aquele ensinamento de Jesus: “sede santos como o vosso Pai celeste é Santo”. Nós, sempre que fazemos, como Maria a vontade de Deus, e estivermos em íntima ligação com o Senhor, estamos então a caminhar para a santidade.
O tempo da Quaresma e uma missão, é uma ocasião propícia para a renovação e conversão das nossas vidas ao projeto e plano de Deus a nosso respeito.
Vários comentários se ouviam, da simplicidade do pregador, e também da profundidade e intimidade que se sentia entre ele e Deus.
Por tudo isto, ficamos muito gratos ao Pe Álvaro Cunha, por nos enriquecer espiritualmente, para vivermos mais santamente a Semana Santa, com Cristo Ressuscitado.

Maria Inês Abreu